Tecnologia e novo espaço são apresentados na reabertura da Biblioteca

A biblioteca mais moderna do Brasil foi aberta no Centro Cultural Univates, nesta segunda-feira, dia 04. Instalada com 100% de tecnologia de identificação por radiofrequência, o local possui estações de autoatendimento para retiradas e devoluções e comportará um acervo para mais de 300 mil livros.

As obras passam a ser divididas de acordo com as áreas do conhecimento, estabelecidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), identificadas por cores.

Dessa forma, cada andar recebe uma tonalidade para identificação. O acervo azul, localizado no terceiro andar, agrega os títulos das áreas das Ciências Humanas, Ciências Biológicas e Ciências da Saúde. Já o acervo Rosa, no quarto andar, conta com materiais das áreas das Ciências Exatas e da Terra; Ciências Agrárias; Linguística, Letras e Artes; e Ciências Sociais Aplicadas. Por fim, o acervo Verde, no quinto andar, terá mais exemplares de Ciências Sociais Aplicadas, principalmente da área do Direito e da Administração.

O novo espaço da Biblioteca é composto ainda por salas de estudos individuais e coletivos, miniauditório e lounges para descanso. O Museu Regional do Livro ganha mais visibilidade com a mudança e novos computadores estão disponíveis para o atendimento do usuário e para pesquisa ao catálogo, com tecnologias como tablets, notebooks e telas touch screen.

Durante a cerimônia de abertura para professores e gestores da Univates, além de autoridades municipais, o reitor Ney José Lazzari resgatou a trajetória da biblioteca. “Inauguramos a antiga biblioteca em 1999 quando a Univates se tornou um Centro Universitário. Agora abrimos este espaço com vistas a um novo patamar de crescimento enquanto Instituição de Ensino, nos preparando para sermos uma universidade”, projetou.

Para o presidente da Fuvates e vice-reitor da Univates, Carlos Cândido da Silva Cyrne, a nova biblioteca pode projetar a Instituição nacional e internacionalmente a partir dos saberes que serão realizados com base no que está colocado naquele espaço. “Tudo vai depender de como utilizarmos todo este material disponível”, afirmou.

Presente à abertura do espaço, o prefeito Luis Fernando Schmidt falou da satisfação de governar uma cidade que conta com a estrutura da Univates. Ele destacou o recém-inaugurado Centro Cultural, a própria Biblioteca e o curso de Medicina como diferenciais.

O acesso à Biblioteca já está liberados para alunos, professores e funcionários, que devem apresentar o Cartão Institucional, sendo que nos meses de agosto e setembro, a Univates estará realizando a entrega e confecção do Cartão Institucional já na nova Biblioteca. No mesmo local, poderão ser feitas as fotografias de quem ainda não possui o cartão. O atendimento ocorrerá das 7h30min às 12h e das 13h às 22h30min, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 12h, aos sábados. Para a comunidade, o cadastro temporário pode ser feito na recepção da biblioteca.

              

 

Texto: Nicole Morás

04/08/2014